Empresas que investem na saúde dos funcionários têm melhor desempenho no mercado


Manter uma cultura corporativa voltada para a saúde e o bem-estar dos funcionários provoca um impacto positivo no desempenho das empresas e um maior retorno sobre o investimento.

Esta é a principal conclusão de um artigo publicado em junho de 2021 no Journal of Occupational and Environmental Medicine, que analisou o desempenho real de um fundo de ações que investiu seletivamente em empresas comprometidas com a saúde, segurança e bem-estar de sua força de trabalho.

“Há evidências crescentes de que uma força de trabalho saudável oferece uma vantagem competitiva”, afirmou o médico Raymond Fabius, presidente da HealthNEXT e um dos autores do artigo, juntamente com Sharon Phares, vice-presidente sênior de pesquisa e inovação de dados da PSG Consulting.

saúde dos funcionários

Ao avaliar o desempenho ao longo de dez anos do Health Advantage Appreciation Fund (HAAF), fundo composto por empresas de capital aberto com cultura comprovada de promoção da saúde, os autores quiseram demonstrar o valor financeiro real do cuidado com a saúde dos colaboradores.

Segundo o Dr. Fabius, tanto lideranças empresariais quanto gestores e investidores de fundos devem passar a avaliar o compromisso das empresas com a saúde dos seus funcionários quando forem traçar suas estratégias de investimentos corporativos e financeiros.

A seguir, vamos entender melhor os resultados desse estudo.

Método e resultados

Entre os critérios utilizados pelo HAAF para selecionar as empresas que fariam parte do fundo estavam o recebimento de prêmios por saúde e segurança no trabalho, a presença de um chefe de saúde ou médico no quadro funcional, a promoção de atividades de saúde no local de trabalho e a existência de clínicas dentro da empresas.

A equipe de gestão do fundo desenvolveu sua estratégia de investimentos estudando empresas de referência com uma cultura sólida de promoção da saúde. Para isso, os gestores utilizaram recursos da metodologia HealthNEXT, que identifica 218 elementos em 10 categorias que podem contribuir para uma cultura de saúde corporativa.

Confira a seguir as categorias avaliadas:

  1. Apoio à liderança e alinhamento da gestão na promoção de uma cultura de saúde
  2. Marketing e comunicação para promover o valor da saúde e estilos de vida saudáveis
  3. Investimentos em armazenagem e integração de múltiplas fontes de dados relacionados à saúde e produtividade
  4. Plano estratégico plurianual de saúde e bem-estar dos funcionários
  5. Ambiente de trabalho que promove a saúde
  6. Atividades de saúde no local de trabalho e a presença de um posto de saúde na empresa
  7. Atividades e programas de saúde e bem-estar direcionados a reduzir riscos e doenças prevalentes
  8. Incentivos e benefícios que promovam comportamentos saudáveis
  9. Ações para engajar colaboradores em programas de saúde, segurança e bem-estar, bem como métodos para medir esse engajamento
  10. Gerenciamento e integração de fornecedores relacionados à saúde.

Usando relatórios gerados por um grupo de bancos de investimentos privados, o desempenho do fundo foi monitorado por uma década, de 1º de janeiro de 2009 até 31 de dezembro de 2018.

O retorno anual e cumulativo ponderado do fundo foi comparado em relação ao desempenho do S&P 500, índice composto pelas 500 maiores empresas americanas de capital aberto.

A adoção das práticas listadas acima fez com que as ações das empresas integrantes do fundo HAAF tivessem um desempenho 2% superior à média do mercado. O retorno obtido sobre o patrimônio líquido nesse período foi de 264%, em comparação com o retorno de 243% apresentado pelo S&P 500.

A predominância de empresas de grande capitalização no portfólio do fundo se deve ao nível de investimento necessário para implementar muitas das métricas, além das operações de negócios sofisticadas e liderança necessárias para ganhar o status de referência.

Vantagens de investir na saúde dos funcionários

O estudo conclui que atualmente já existe um crescente corpo de evidências para apoiar a ideia de que uma força de trabalho saudável oferece vantagem competitiva para os negócios.

Principalmente se considerarmos que funcionários insalubres geralmente utilizam mais os convênios médico-hospitalares, o que implica em um custo direto para a maioria dos empregadores de grande e médio porte.

Além disso, manter colaboradores em más condições de saúde representa uma perda de produtividade para as empresas que pode chegar a US$ 3 adicionais para cada dólar gasto em custos diretos de saúde no mercado dos EUA.

Os autores observam ainda que as empresas que se concentram na promoção da saúde dos funcionários tendem a criar uma cultura de bem-estar e qualidade de vida capaz de aumentar a porcentagem de funcionários engajados e comprometidos com o sucesso da organização.

Uma vantagem adicional é que essas empresas podem se tornar “empregadores preferenciais” no mercado de trabalho, com a capacidade de atrair e reter talentos de alto desempenho.

Aprimoramento dos resultados

De acordo com os autores do estudo, embora a associação entre o desempenho dos fundos de uma carteira de empresas que demonstraram comprometimento com a saúde e o bem-estar de sua força de trabalho seja promissora, ainda há trabalho a fazer.

Eles recomendam que este estudo seja repetido por um período adicional de sete a 10 anos, usando a mesma metodologia do início ao fim aumentada pelo reinvestimento imediato dos dividendos.

Estudos adicionais podem demonstrar se a abordagem se mantém ao longo do tempo e determinar o impacto das mudanças nos ambientes econômicos e sociopolíticos.

Por fim, os autores incentivam os pesquisadores a estudar o impacto nas empresas de capital aberto de outros países para verificar se a correlação entre a cultura da saúde das empresas e o seu desempenho no mercado é semelhante.

Apesar de ser restrito ao mercado dos EUA, o estudo vem confirmar o fato de que as empresas com força de trabalho mais saudável experimentam custos de saúde mais baixos, menos absenteísmo, maior produtividade, menos rotatividade da força de trabalho, atraem melhores talentos, produzem menos desperdício e apresentam níveis mais altos de engajamento.

engajar beneficiários

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?