OMS lança novas diretrizes sobre atividade física e comportamento sedentário


A Organização Mundial da Saúde (OMS) atualizou em novembro de 2020 suas diretrizes sobre atividade física e comportamento sedentário, com o objetivo de orientar políticas voltadas para a promoção da saúde ao redor do globo.

Segundo a OMS, até 5 milhões de mortes por ano poderiam ser evitadas se a população mundial fosse mais ativa.

No documento, a entidade reforça a mensagem de que “todo movimento conta”, especialmente quando temos milhões de pessoas evitando sair de casa devido à pandemia de Covid-19.

diretrizes da OMS sobre atividade física

O recado da OMS ganha ainda mais importância diante das estatísticas que revelam uma realidade preocupante:

Um em cada quatro adultos e quatro em cada cinco adolescentes simplesmente não praticam atividade física suficiente para ter uma vida saudável!

A OMS estima que isso custe à sociedade US$ 54 bilhões em assistência médica direta e outros US$ 14 bilhões em perda de produtividade.

Mas o que pode ser considerado atividade física suficiente?

É o que veremos a seguir.

Entenda as novas diretrizes da OMS sobre atividade física

Em resumo, estas são as principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a promoção da atividade física e o combate ao sedentarismo:

1. A atividade física é boa para o coração, corpo e mente

A atividade física regular pode prevenir e ajudar a controlar doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e câncer, que causam quase três quartos das mortes em todo o mundo.

A atividade física também pode reduzir os sintomas de depressão e ansiedade e melhorar o pensamento, o aprendizado e o bem-estar geral.

2. Qualquer quantidade de atividade física é melhor do que nada

E, quanto mais, melhor!

Para saúde e bem-estar, a OMS recomenda pelo menos 150 a 300 minutos de atividade aeróbica moderada por semana (ou atividade vigorosa equivalente) para todos os adultos, e uma média de 60 minutos de atividade física aeróbica moderada por dia para crianças e adolescentes.

3. Todas as atividades físicas contam

Toda atividade física é benéfica e pode ser realizada como parte do trabalho, esporte e lazer ou transporte (caminhada, roda e bicicleta), mas também por meio da dança, brincadeiras e tarefas domésticas cotidianas, como jardinagem e limpeza.

4. O fortalecimento muscular beneficia a todos.

Os adultos mais velhos (com 65 anos ou mais) devem adicionar atividades físicas que enfatizem o equilíbrio e a coordenação, bem como o fortalecimento muscular, para ajudar a prevenir quedas.

5. O comportamento sedentário é prejudicial à saúde.

Pode aumentar o risco de doenças cardíacas, câncer e diabetes tipo 2. Limitar o tempo sedentário e ser fisicamente ativo é bom para a saúde.

6. Todos podem se beneficiar com o aumento da atividade física

Isso inclui mulheres grávidas, puérperas e até mesmo pessoas que vivem com doenças crônicas ou com variados graus de deficiência.

👉 Você pode acessar o PDF do documento (em inglês) com a íntegra das novas diretrizes da OMS sobre atividade física clicando aqui.

Promovendo a atividade física na sua operadora

Para os gestores de operadoras de saúde, as diretrizes da OMS devem servir como um guia para a criação de ações preventivas e programas de promoção da saúde que tenham como base o incentivo à atividade física.

Ao mesmo tempo, é importante buscar conscientizar seus beneficiários sobre os riscos do sedentarismo, especialmente para quem passa muito tempo sentado, seja no trabalho ou na escola.

A mensagem básica que devemos comunicar é que ser fisicamente ativo é um fator essencial para quem quer garantir a saúde, o bem-estar e a longevidade.

Mesmo nos dias de hoje, com as restrições decorrentes da pandemia de Covid-19, essa mensagem não pode ser deixada de lado.

Sua operadora deve reforçar a ideia de que, mesmo em condições de isolamento social, é fundamental se mover todos os dias, sempre com segurança e usando a criatividade.

Então que tal promover uma campanha sugerindo aos seus beneficiários formas seguras de se exercitar durante a pandemia?

#ficaadica 😉

engajar beneficiários

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?