Como a Unimed Nordeste-RS aumentou a produtividade na medicina preventiva usando um software de gestão


Com sede em Caxias do Sul, a Unimed Nordeste-RS atende 17 municípios gaúchos e investe em prevenção e promoção da saúde desde 2003. Mas o salto em produtividade na medicina preventiva que a fez tornar-se referência nacional começou mesmo em fevereiro de 2014, quando a operadora passou a automatizar a gestão dessa área usando o sistema Previva.

produtividade na medicina preventiva

Hoje, a Unimed Nordeste-RS oferece aos seus mais de 300 mil beneficiários um conjunto de ações e programas conscientizando sobre a importância da prevenção de doenças e da promoção da saúde, além de estimular a mudança de hábitos e os cuidados pessoais. Tudo acompanhado de perto por uma equipe de saúde multidisciplinar.

A operadora usa o Previva para coordenar as atividades de suas quatro principais frentes de atuação em medicina preventiva: monitoramento domiciliar, monitoramento telefônico, grupos operativos e o Programa Empresa Saudável.

“Começamos monitorando pouco mais de 9 mil vidas quando implantamos o sistema. Em 2016 fechamos o terceiro trimestre com 20.836 beneficiários em monitoramento e nosso objetivo é chegar a 25 mil pessoas monitoradas por meio do Previva”, conta Janur Gustavo Machado, coordenador de medicina preventiva da Unimed Nordeste-RS.

Evolução no controle de custos

Em 2017, após uma fase de testes realizada no ano anterior, a Unimed Nordeste-RS passou a mensurar a produtividade na medicina preventiva através do acompanhamento de grupos de controle.

Utilizando os dados gerados pelo sistema, o gestor pode comparar os custos de três diferentes grupos:

  • beneficiários que estão ativos nos monitoramentos
  • beneficiários que foram selecionados devido a alguma doença crônica, mas que por algum motivo nunca participaram das atividades
  • beneficiários que já participaram das atividades da medicina preventiva, mas receberam alta.

“Dessa forma conseguimos demonstrar que o custo dos ativos é 40% menor do que o grupo selecionado para participar, mas que nunca aderiu às atividades ou não foi encontrado”, revela Janur. “E se analisarmos os beneficiários que participaram das atividades e tiveram alta, eles conseguem manter um custo também baixo”, completa o gestor.

De acordo com Janur, a operadora observou uma diminuição de 40% nos custos nos primeiros 12 meses. Mas ele prevê uma redução maior a médio/longo prazo, estabilizando os custos em um nível ainda mais baixo ao longo do tempo.

Qualidade na gestão vs. quantidade de atendimentos

Segundo o coordenador de medicina preventiva da Unimed Nordeste-RS, depois da experiência com o Previva a operadora decidiu não acompanhar mais o indicador de quantidade de atendimentos e preferiu monitorar mais de perto o resultado dos programas de medicina preventiva.

“Para nós, a quantidade de atendimentos não reflete eficácia nas nossas atividades”, diz Janur. Ele afirma que o software foi essencial para essa mudança de foco, pois hoje é possível verificar em tempo real quais são as atividades pendentes dentro da programação definida para o mês e ir monitorando o desempenho da equipe. Para o gestor, os ganhos em produtividade na medicina preventiva foram evidentes.

“O Previva nos auxiliou muito na gestão, tornando mais fácil programar as próximas atividades e permitindo que usemos nossos próprios protocolos, que estão continuamente sendo aprimorados. Também nos trouxe uma maior agilidade no registro de todas essas atividades, já que é uma ferramenta muito simples de ser utilizada.” – Janur Gustavo Machado, coordenador de medicina preventiva da Unimed Nordeste-RS

Para saber mais sobre as atividades da Unimed Nordeste-RS na área de medicina preventiva e promoção da saúde, assista ao vídeo a seguir:

E se você quiser conhecer melhor o sistema de gestão de medicina preventiva usado pela operadora, visite nosso site e solicite uma demonstração gratuita do Previva!

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?