Tecnologia na medicina preventiva: por que investir em um software especializado?


Se você é gestor de uma operadora de saúde já deve ter observado dois cenários nos últimos anos:

1. É impossível sobreviver no mercado sem ter um sistema de gestão informatizado para otimizar resultados e ganhar eficiência, do atendimento às finanças.

2. As ações de prevenção e promoção da saúde vêm ganhando cada vez mais espaço como estratégias para reduzir custos assistenciais.

Somando 1+2, você já imaginou o quanto sua operadora pode ganhar ao aplicar os recursos da tecnologia na medicina preventiva?

tecnologia na medicina preventiva

Em primeiro lugar, para obter os melhores resultados é necessário uma solução especializada. De maneira geral, os sistemas de ERP responsáveis pela administração dos planos de saúde não costumam incluir recursos específicos para a área de Promoprev.

O que você precisa é de um software para gestão da medicina preventiva! Um sistema capaz de aplicar conceitos de saúde populacional na análise do perfil de seus beneficiários e auxiliar na execução de uma política de prevenção e promoção da saúde.

Ao usar a tecnologia na medicina preventiva, é possível controlar com muito mais eficiência uma série de informações estratégicas e garantir o desenvolvimento de ações direcionadas para diferentes públicos.

Além disso, automatizar os processos também auxilia na regulação do setor e na redução da sinistralidade, já que a disponibilidade dos dados possibilita ações mais eficazes, que incentivam o beneficiário a cuidar melhor da saúde.

A seguir, listamos alguns dos benefícios que sua operadora pode obter ao investir em uma solução especializada na área de Promoprev:

Redução de erros operacionais

A redução de erros é a primeira vantagem gerada pelo uso da tecnologia na medicina preventiva. O primeiro passo para isso é certificar-se de utilizar um software integrado ao ERP que gerencia o sistema de cadastro da operadora. Quando as informações entre os dois programas são compartilhadas, as chances de dados duplicados no cadastro de beneficiários é quase zero.

Com a integração, os atendentes perdem menos tempo com tarefas rotineiras que podem ser automatizadas usando essas soluções. Tais medidas contribuem ainda para o aumento da produtividade da equipe, que passa a se dedicar às atividades que exigem mais análise e/ou desempenho intelectual.

Levantamento do perfil epidemiológico

O levantamento do perfil epidemiológico dos beneficiários pode ser feito manualmente e sem o uso de sistemas informatizados. Mas essa é uma tarefa que costuma demandar muito tempo da equipe, além de ser bastante sujeita a erros. A vantagem de usar uma ferramenta tecnológica para auxiliar nessa etapa nos programas de medicina preventiva não pode ser ignorada.

Com o uso da tecnologia na medicina preventiva, a seleção de elegíveis – ou seja, a tarefa de identificar os participantes em potencial para determinado programa – é feita por meio de filtros de pesquisa que cruzam diferentes dados cadastrais e evitam que algum cliente fique de fora.

Outra vantagem de usar um software especializado em medicina preventiva é a possibilidade de definir e aplicar questionários personalizados para aprimorar o processo de coleta destas informações junto aos beneficiários.

Reconhecimento pela ANS

Além de facilitar o gerenciamento dos dados dos beneficiários e auxiliar na tomada de decisões, usar a tecnologia para a gestão da medicina preventiva garante à sua operadora o reconhecimento da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para a aprovação dos programas de Promoprev. A automatização, nesse caso, dá credibilidade à gestão dos dados. É uma garantia a mais de integridade e coerência da informação.

O cadastro dos programas na ANS pode ser feito por meio de formulários online, que agilizam o processo de certificação das ações e políticas de prevenção.

Análise dos resultados

Para o gestor da área de medicina preventiva, a tecnologia facilita também ainda a visualização de resultados, com a entrega automática de relatórios gerenciais que expõem os pontos positivos e negativos das ações executadas.

Com a avaliação de indicadores operacionais, fica mais fácil identificar que aspectos precisam ser trabalhados para que os programas sejam mais eficientes e gerem melhores resultados.

Outras aplicações da tecnologia na medicina preventiva

Além dos usos apontados acima, um software especializado oferece uma série de outras aplicações para facilitar o planejamento e a execução dos programas de prevenção e promoção da saúde na sua operadora.

Para saber mais, clique nos links abaixo e confira alguns outros usos da tecnologia na medicina preventiva:

Telemonitoramento de crônicos

Monitoramento remoto de pacientes

Medicina personalizada

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?