Questionários personalizados: como e por que aplicá-los em seus programas de medicina preventiva


Dentro da estrutura de medicina preventiva de uma operadora de saúde, a aplicação de questionários personalizados é fundamental para a gestão eficiente dos programas de prevenção e promoção da saúde.

Em primeiro lugar, é por meio de questionários que a operadora vai levantar os dados para traçar o perfil epidemiológico de seus beneficiários e, com base nele, definir estratégias e prioridades de acordo com as necessidades identificadas.

Também ao começar um programa de saúde, na etapa de planejamento e captação de participantes, é recomendável aplicar um questionário específico para enquadrar melhor cada beneficiário nos diferentes subgrupos que podem existir dentro do programa.

Da mesma forma, ao encerrar o programa deve-se aplicar um novo questionário para colher os dados que permitirão ao gestor de medicina preventiva avaliar e mensurar os resultados.

questionários personalizados para programas de medicina preventiva

Vantagens de utilizar questionários personalizados

Em todos os casos expostos acima, para que as perguntas sejam realmente eficazes e resultem em dados relevantes para o gestor, é preciso adaptar e personalizar os questionários de acordo com o programa a que ele se refere.

A principal diferença entre um questionário geral e um questionário personalizado são as perguntas. Em um formulário comum as questões são sempre as mesmas e sua aplicação se dá da mesma forma para todos os usuários, pois a plataforma não permite alterações. Com a personalização, cada programa tem a sua série de perguntas, formuladas de acordo com a estratégia desenvolvida especialmente para ele.

A aplicação dos questionários personalizados aumenta a assertividade dos programas, uma vez que todas as perguntas são modificadas com a finalidade de atingir o público abordado por aquele programa ou ação específica.

Essa prática melhora o relacionamento com os participantes, evitando dúvidas e confusões caso as perguntas não se encaixem nas ações planejadas/realizadas. Por exemplo, não adianta incluir uma pergunta sobre a “qualidade das palestras” se o programa em questão trabalhou o combate ao sedentarismo com a promoção de atividades físicas e ações ao ar livre.

Como personalizar um questionário para programas de saúde?

Para que seja possível personalizar os questionários em uma operadora de saúde é preciso utilizar um sistema flexível de gestão de medicina preventiva, que permita ao gestor da área fazer modificações sempre que forem necessárias.

No caso do Previva, os questionários são importantes num primeiro momento para definir a classificação de saúde do beneficiário monitorado e, posteriormente, para a coleta de indicadores, conforme o definido no protocolo do programa.

Os dados gerais sobre a condição de saúde de cada participante dão origem a um indicador chamado Grau de Necessidade de Atenção (GNA), que é usado pelo sistema para classificar o nível de atenção que o beneficiário necessita receber dos profissionais envolvidos no programa.

Personalização de protocolos e seleção de elegíveis

Definido inicialmente pelo perfil epidemiológico gerado pelas informações do cadastro na operadora, o GNA do participante pode ser reclassificado após a aplicação do questionário e segundo a gravidade de cada caso.

De acordo com o GNA é definido um protocolo específico para o atendimento. Todos os critérios de avaliação podem ser definidos pelo gestor para gerar indicadores que serão trabalhados no decorrer do programa.

Com o correto preenchimento do questionário e sua avaliação pelo sistema, o processo de seleção de elegíveis para os programas de prevenção e promoção da saúde fica muito mais eficiente.

Com base nestas informações é sugerida a inclusão do beneficiário em algum programa existente. Se ele já participa, são sugeridas alterações ou remanejamentos – como, por exemplo, transferi-lo para outro subgrupo dentro do mesmo programa.

A aplicação dos questionários pode ser feita por todos os profissionais de saúde envolvidos no programa, em diferentes etapas e modalidades de atendimento, até mesmo por telefone. Cada profissional levanta indicadores diferentes e, assim, pode haver em um mesmo programa questionários formulados por enfermeiras, nutricionistas, psicólogos ou médicos. Os médicos ainda podem ter questionários diferentes conforme sua especialidade.

 

Agora que você já percebeu a importância de aplicar questionários personalizados para otimizar os resultados das ações de medicina preventiva em sua operadora, que tal conferir este e-book que preparamos especialmente para gestores que buscam dicas práticas para implantar programas de prevenção e promoção da saúde? Basta clicar na imagem abaixo e fazer o download grátis:

criar um programa de medicina preventiva

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?