A importância dos cuidados às pessoas com depressão


depressao

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é atualmente a quarta causa de incapacitação do mundo inteiro – até 2030 esta será a doença mais comum no planeta, superando a incidência do câncer e de outras doenças infecciosas. Devido ao crescimento da sua ocorrência na população, faz-se necessário que as operadoras de saúde deem atenção a esse problema.

São raros os programas de medicina preventiva que possuem ações voltadas à saúde mental do beneficiário. A maioria se preocupa somente com o bem-estar físico. Apesar da saúde do corpo ter influência no aspecto psicológico do paciente, é fundamental que sejam planejadas atividades focadas também no bem-estar social.

Um quadro de depressão pode gerar ainda outros problemas de saúde, como a constante alteração de peso (perda ou ganho). Nesses casos, o paciente também deve ser monitorado em ações de programa nutricional, mas é importante lembrar que o objetivo é tratar a depressão, pois com o controle da doença os outros problemas serão consequentemente normalizados.

Vale destacar que os transtornos mentais são a terceira causa mais comum de pedidos de benefício auxílio-doença, afastamento de trabalho e aposentadoria por invalidez, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Nesse caso, para as empresas, investir em programas de medicina preventiva que combatam à depressão contribuem também para a redução dos índices de presenteísmo e absenteísmo.

Você tem alguma contribuição sobre esse assunto? Deixe nos comentários abaixo.

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?