Como as tecnologias facilitam o levantamento de perfil epidemiológico


O perfil epidemiológico sistematiza as informações coletadas pelos agentes de saúde. Com esses dados, é possível atualizar os profissionais sobre as informações referentes à situação da saúde de uma determinada população. Com ele, gestores, técnicos e profissionais podem planejar ações de prevenção e promoção à saúde, a fim de reduzir custos e aumentar a qualidade de vida da população. Para facilitar o trabalho de coleta e organização dessas informações, algumas tecnologias podem ser utilizadas.

A adoção de tecnologias para o levantamento de perfil epidemiológico reduz a exposição a alguns fatores de riscos que os agentes precisavam enfrentar antes, como andar muito tempo no sol, procurar residências de difícil acesso, entre outros. Com a tecnologia, os profissionais coletam as informações de forma mais rápida, tudo por meio do sistema, o que também diminui o número de erros.

Além disso, no caso de operadoras de planos de saúde, o uso da tecnologia para estudar o perfil epidemiológico de determinada população é fundamental. Essas tecnologias são ferramentas de gestão que permitem a aplicação de filtros que facilitam a exposição de determinados dados por região, idade, sexo, entre outros. Nesse caso, quando uma pessoa passa a ser beneficiário e faz um cadastro, o próprio atendente já consegue recolher as informações necessárias sobre o estado de saúde e histórico familiar para depois utilizar em estudos.

O bom uso das informações de um perfil epidemiológico pode contribuir de modo significativo para a melhora da saúde da população e ajuda também aos envolvidos no planejamento de estratégias para programas de prevenção de doenças.

Ficou com alguma dúvida sobre esse tema? Entre em contato pelos comentários abaixo.

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?