A influência dos hábitos na saúde dos beneficiários da sua operadora

influência dos hábitos na saúde

Em sua edição do dia 8 de junho de 2017, o programa Bem Estar, da Rede Globo, mostrou um teste com duas irmãs de 55 anos. Elas têm a mesma herança genética, mas estilos de vida bem diferentes, já que uma delas vive na cidade grande e a outra em uma fazenda. O programa realizou alguns testes que mostraram de forma clara a influência dos hábitos na saúde e na qualidade de vida. Reunindo os resultados, constatou-se que a irmã que vive na fazenda é, biologicamente, dois anos mais jovem.

Segundo o geriatra entrevistado pelo programa, o teste reforça a ideia de que 75% da longevidade está relacionada à influência dos hábitos e apenas 25% à herança genética. Segundo ele, independente dos anos vividos, é a “idade biológica” do paciente que realmente conta na hora de determinar seu estado geral de saúde.

Use a influência dos hábitos para melhorar os indicadores de saúde

Sabendo que os genes influenciam bem menos na saúde que o meio ambiente, as operadoras devem buscar influenciar estes fatores externos promovendo a mudança de hábitos entre seus beneficiários.

Do incentivo à prática de exercícios físicos até a adoção de uma dieta mais saudável, passando pela redução dos níveis de estresse e o combate ao tabagismo, as ações de medicina preventiva são as melhores ferramentas para isso.

Até mesmo nos ambientes corporativos, a abordagem preventiva que leva em conta a influência dos hábitos e o incentivo à mudança é a que mais demonstra resultados na redução de riscos entre os beneficiários das operadora de saúde.

O papel dos programas de medicina preventiva

Se sua operadora busca resultados significativos na promoção de hábitos saudáveis entre os beneficiários, a estratégia não se resumir a ações pontuais de divulgação de boas práticas de saúde. Por meio de programas mais estruturados e contínuos é possivel dar mais atenção a cada caso, trabalhar iniciativas em grupo e acompanhar de perto os resultados obtidos.

Portanto, não deixe de investir em programas de medicina preventiva e sempre procure direcioná-los às necessidades mais urgentes de sua carteira de beneficiários. Para ter essa avaliação de forma mais precisa, é imprescindível contar com um software como o Previva, especializado na gestão da medicina preventiva em operadoras de saúde.

Agora que você já tem conhecimento da influência dos hábitos na saúde de seus beneficiários, aproveite para ler o e-book que preparamos especialmente para as operadoras que pretendem estruturar programas de medicina preventiva focados na mudança de hábitos. Clique na imagem abaixo e faça o download gratuito:

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?