Impacto da saúde mental nas corporações: absenteísmo e presenteísmo


absenteismo

Você provavelmente já ouviu falar desses termos, mas não deve ter prestado atenção até que sua empresa começou a ser prejudicada pelo aumento do número de colaboradores doentes e a constante falta deles ao trabalho. Absenteísmo é a ausência temporária no trabalho por motivo de doença. Já presenteísmo é quando o funcionário comparece ao trabalho, mas está com a saúde debilitada. Independentemente do termo, absenteísmo e presenteísmo são problemas de causam prejuízos para sua empresa.

No caso mais grave, o de absenteísmo, quando o trabalhador não comparece no local de trabalho, os colegas precisam dividir as tarefas desse funcionário para que nenhuma atividade sofra atrasos. Esse tipo de medida é válida e funciona por um tempo limitado, pois quando a ausência se dá por vários dias seguidos, as tarefas começam a se acumular, o que dificulta o fluxo de trabalho e gera até mesmo sobrecarga no resto da equipe (horas extras). Nesse casos, as pessoas começam a ficar estressadas, podendo até desenvolverem problemas de saúde.

Já quando acontece o presenteísmo, é como se o colaborador estivesse de forma parcial no seu posto de trabalho, pois ele não conseguirá atingir seu rendimento completo devido ao seu quadro de saúde fragilizado. Esses casos costumam acontecer com doenças como gripes, alergias, dores de cabeça, ou seja, patologias que não impedem que o trabalhador realize suas tarefas, mas que prejudicam a qualidade do seu desempenho. Sem plena saúde física e psicológica, o colaborador fica impaciente, o que pode gerar intriga entre a equipe. Além disso, existe a possibilidade de outros trabalhores serem contaminados com a mesma patologia, principalmente gripes e resfriados que são de fácil contaminação.

Devido às complicações causadas pela ausência de colaboradores, torna-se cada vez mais necessário evitar esse tipo de contratempo dentro das instituições. A saúde mental é uma das questões que tem forte impacto nos índices de absenteísmo e presenteísmo, pois reflete diretamente na saúde do colaborador. Se ele estiver estressado, não vai dormir bem, também não vai se alimentar direito e tudo isso provocará algum doença.

Com programas de medicina preventiva voltadas para o indivíduo, é possível proporcionar melhores condições de trabalho para seus colaboradores – ações como exames médicos periódicos, vacinação, educação para a saúde, são medidas que auxiliam a diminuir as taxas de absenteísmo e presenteísmo na sua instituição.

Você já conhecia esses termos? Conte para a gente nos comentários abaixo.

Crédito de Imagem: Pixabay

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?