Como fazer elegibilidade de pacientes em programas de medicina preventiva


Planejar e executar programas de medicina preventiva exige muito planejamento por parte das operadoras de saúde. Não basta apenas decidir quais ações serão praticadas e simplesmente aplicá-las a todos os seus beneficiários.

Para não desperdiçar recursos e para que os programas tenham o resultado esperado é preciso direcioná-los somente àqueles com o perfil mais indicado para participar.

É o que chamamos de elegibilidade de pacientes.

Neste artigo, vamos mostrar a melhor maneira de organizar esse processo na sua operadora e como a tecnologia pode ajudar na seleção dos participantes.

elegibilidade de pacientes

Defina critérios de elegibilidade

Para poder selecionar as pessoas que serão incluídas nos programas de medicina preventiva, primeiro é preciso definir os critérios de elegibilidade. São as características que a pessoa deve apresentar para se encaixar no perfil de saúde esperado pelos médicos que coordenam cada programa.

Por exemplo, se você deseja fazer ações de prevenção à osteoporose em mulheres, não adianta buscar meninas de 20 anos para participar, pois a chance desse grupo desenvolver a doença é muito pequena. Nesse caso, seu público-alvo são as mulheres a partir dos 40 anos em média.

Questões como a idade dos beneficiários, condições de saúde e tempo de cadastro devem ser levadas em consideração na hora de definir o público-alvo dos seus programas de medicina preventiva.

Em certos casos a classificação dos pacientes deve ir além de apenas separar os “elegíveis” dos “não elegíveis”. Dependendo do tipo de programa – como os de atenção domiciliar, por exemplo –, recomenda-se segmentar os elegíveis em pacientes também de acordo com seu nível de complexidade.

Mas estabelecer critérios é apenas o primeiro passo do processo de elegibilidade de pacientes.

Contando com a ajuda de médicos especialistas, os responsáveis pela área de medicina preventiva definem um perfil ideal que será usado como referência para selecionar os elegíveis.

A partir daí, é hora de descobrir quem são esses beneficiários e convidá-los para participar dos programas.

Encontrando os elegíveis

A padronização dos métodos de elegibilidade de pacientes candidatos a participar de um programa de medicina preventiva é um grande avanço para a gestão das operadoras de saúde.

Somente dessa forma é possível definir de maneira simples e rápida os recursos necessários para a execução do programa e para garantir o engajamento dos beneficiários selecionados.

Portanto, depois de definir o público-alvo do seu programa, você vai precisar de um método eficaz para selecionar essas pessoas.

Uma boa ideia é aplicar questionários personalizados para descobrir mais sobre as condições de saúde dos seus beneficiários. Para que a seleção das pessoas seja precisa, as perguntas devem ser elaboradas pela equipe do programa de medicina preventiva com o apoio de uma equipe multidisciplinar.

Afinal, se a elegibilidade de pacientes for feita de forma equivocada, a equipe envolvida nas ações acabará desperdiçando muito tempo dando atenção àqueles que não necessitam desse tipo de cuidado.

Depois de coletar estas informações por meio de questionários, você precisa reuni-las em uma planilha. Só assim será possível estudar os dados e planejar as estratégias necessárias para dar início ao programa de medicina preventiva.

A tecnologia na elegibilidade de pacientes

Para facilitar todo esse processo e otimizar a seleção de elegíveis, é fundamental que sua operadora conte com um sistema de gestão especializado em medicina preventiva. Ele deve servir de apoio para a tomada de decisões dos gestores da área.

Ter uma ferramenta como esta é muito útil na hora de contatar as pessoas para que respondam os questionários, além de possibilitar a seleção automática aplicando filtros predefinidos nas informações cadastrais que você já possui.

Ao utilizar um sistema como o Previva, você pode cadastrar os critérios para a seleção de elegíveis de cada programa específico e depois pesquisar no ERP da operadora para encontrar os beneficiários de acordo com estes critérios.

Ter bons métodos para fazer a elegibilidade de pacientes é fundamental na hora de organizar programas de promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças (Promoprev). Isso aumenta a produtividade da equipe e torna o trabalho mais assertivo e eficiente, além de contribuir para a satisfação dos beneficiários.

Conheça o nosso sistema e veja como podemos contribuir para otimizar este processo e modernizar a gestão da medicina preventiva em sua operadora.

engajar beneficiários

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?