Controle do peso em idosos pode ajudar na prevenção do Alzheimer e outras demências


Uma revisão de dados científicos feita por pesquisadores da Universidade de Wolverhampton, Inglaterra, demonstrou que o controle do peso é algo de fundamental importância de prevenir demências como o mal de Alzheimer em idosos.

Publicado em agosto de 2019 no Journal of Alzheimer’s Disease, o estudo tinha como objetivo verificar se o excesso de peso poderia aumentar ou reduzir os riscos de desenvolver algum tipo de demência na terceira idade.

A questão surgiu após a divulgação de um estudo em 2015, onde um grupo de pesquisadores da London School of Hygiene and Tropical Medicine sugeriam que estar acima do peso poderia reduzir o risco de demência após os 55 anos.

Tal conclusão contrariava diversas pesquisas anteriores na mesma área.

controle do peso em idosos

Para resolver o impasse, os pesquisadores de Wolverhampton revisaram 16 estudos prévios envolvendo um total de 38.219 participantes e 4.479 casos de demência em países como Estados Unidos, Suécia, Itália, Finlândia, Austrália, Dinamarca, França e Japão. O período de acompanhamento dos casos variou de três a 18 anos, dependendo do estudo.

A nova análise também incluiu novos dados de um estudo em andamento na China, que indicam que homens idosos com sobrepeso ou obesos apresentaram maior risco de demência do que os indivíduos que mantinham seu peso sob controle. Contudo, os pesquisadores chineses não identificaram uma tendência semelhante entre as mulheres.

O fato é: obesidade não protege contra a demência

Após a revisão de todos esses dados, chegou-se à conclusão de não há evidências para sustentar o que os pesquisadores chamam de “paradoxo”, ou seja, afirmar que a obesidade possa de alguma forma contribuir para prevenir o mal de Alzheimer e outros tipos de demência incidental.

O estudo também não encontrou nenhuma associação entre o aumento da circunferência da cintura e um risco reduzido do problema.

Contrariando os resultados da pesquisa de 2015, a nova análise deixa evidente o papel crucial do controle do peso ao afirmar que a obesidade em idosos pode na verdade aumentar os riscos de desenvolver Alzheimer.

A importância do controle do peso em idosos

E não é apenas o excesso de peso que pode aumentar os riscos demência na terceira idade. De acordo com o doutor Ruoling Chen, coordenador do estudo da Universidade de Wolverhampton, as evidências sugerem que indivíduos com IMC saudável devem evitar ganhar ou perder peso na velhice.

Veja o que o pesquisador disse em entrevista ao site Inquirer.net:

“Não há provas que apoiem a recomendação de aumento do peso corporal com o objetivo de reduzir o risco de demência na velhice. No entanto, devemos prestar mais atenção aos idosos que perdem peso, provavelmente devido a doenças crônicas. Controlar o peso corporal e mantê-lo dentro da faixa normal pode prevenir a demência”.

Ele acrescenta que, segundo as diretrizes globais da OMS, é necessário manter o peso corporal normal ao longo da vida e criar estratégias de prevenção e promoção da saúde para combater o sobrepeso e a obesidade na velhice.

Esta é a deixa para que a sua operadora de saúde invista em ações concretas para promover o controle de peso em idosos, incentivando a prática de exercícios entre os beneficiários acima de 50 anos e promovendo exames preventivos com acompanhamento periódico.

Uma boa forma de começar é baixando nosso e-book gratuito com tudo o que você precisa saber para montar um programa de combate à obesidade na sua operadora.

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?