Como a medicina preventiva pode prevenir DORT


blogging-336375_1280Com o crescente uso de computadores em estações de trabalho, aumenta também o número de colaboradores com doenças ocupacionais, como LER (Lesão por Esforço Repetitivo) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). Nesse cenário, é fundamental que as empresas desenvolvam ações para o tratamento desses problemas. Confira neste post algumas práticas de medicina para prevenir DORT.   Os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) são lesões em partes do corpo, como tendões, músculos e articulações, causadas pelo uso repetitivo de determinados membros. Esse tipo de problema é muito comum em pessoas que realizam todos os dias o mesmo trabalho, como digitadores, manicures, dentistas, entre outras profissões.

Ginástica laboral

A ginástica laboral é uma das ações mais eficazes para prevenir DORT. As aulas, acompanhadas de um profissional da saúde, ensinam alongamentos e correção de postura, aliviando dores e tensões musculares. Além disso, as aulas também promovem um intervalo de descanso, que contribuem para diminuir o estresse e relaxar a mente.

Estrutura de trabalho

Oferecer uma estrutura adequada de trabalho é outra medida que contribui para prevenir DORT entre seus colaboradores. Utilizar mesas e cadeiras com altura regulável e permitir que a pessoa ajuste a distância do monitor são técnicas fundamentais nesse sentido. Fornecer mousepad e teclados com apoio de descanso para o punho também são eficazes na prevenção de doenças ocupacionais.

Exercícios físicos

Por último, é importante que as empresas incentivem a prática de exercícios físicos entre seus colaboradores. Além de prevenir DORT, realizar atividades físicas regularmente também contribui para melhorar a saúde dos funcionários como um todo, reduzindo o aparecimento de doenças e, com isso, aumentando a disposição e produtividade dentro da sua empresa.

Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Pergunte na área de comentários do blog.

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?