Como o Previva ajudou a Clinipam a gerenciar 9 mil beneficiários em seus programas de promoção da saúde

A Clinipam – Clínica Paranaense de Assistência Médica é hoje uma das maiores operadoras de saúde do Brasil, com 270 mil beneficiários e mais de 4 mil empresas clientes. Com dois hospitais próprios e 17 unidades de atendimento no Paraná e em Santa Catarina, a empresa vem investindo na expansão dos programas de promoção da saúde desde 2014, quando começou a utilizar o sistema Previva para gerenciar suas ações de medicina preventiva.

programas de promoção da saúde - Clinipam

Atualmente, a Clinipam oferece 12 programas em seu Centro de Qualidade de Vida (CQV), uma unidade criada especialmente para promover os cuidados preventivos entre seus beneficiários. De acordo com a gerente do CQV, Cintia Dilay, já são mais de 9 mil pessoas participando dos 12 programas desenvolvidos pela operadora.

“Começamos a trabalhar com programas de promoção da saúde em 2004, inicialmente com uma estrutura pequena e dividindo uma sala com outra unidade. A partir de 2008 começamos um processo de expansão”, conta Cintia. Com os resultados positivos e a procura pelos serviços aumentando a cada ano, o CQV passou por diversas ampliações e hoje conta com uma unidade própria em Curitiba, com 15 consultórios, três salas de atividade física, um auditório para atividades em grupo e uma cozinha para aulas de culinária.

A ampliação da estrutura foi necessária para acompanhar o crescente interesse dos beneficiários da Clinipam pelos programas de promoção da saúde. “A quantidade de paciente atendidos vem crescendo numa média de 20% ao ano. Com tanta procura, logo percebemos que não podíamos continuar organizando nossos programas em planilhas de Excel”, diz a gerente do CQV.

Tecnologia na gestão da medicina preventiva

Há pouco mais de três anos, a operadora decidiu adotar o sistema Previva para otimizar a gestão da medicina preventiva e poder acompanhar melhor a evolução dos pacientes e os resultados de cada programa.

“Nosso atendimento de saúde preventiva é mais presencial, priorizando as consultas clínicas e o contato com a equipe de saúde. Fazemos também o monitoramento telefônico, mas em menor quantidade. E para gerenciar todas essas atividades usamos o Previva”, explica Cintia.

Todos os meses são mais de 3,5 mil consultas realizadas pelos médicos que trabalham no CQV. Cada uma dessas consultas é registrada no sistema, gerando informações importantes para acompanhar o histórico de saúde dos participantes, incluindo indicadores clínicos e indicadores de adesão aos programas.

Segundo a gerente, antes do Previva não era possível fazer isso, devido à quantidade crescente de pacientes. “O sistema fez toda a diferença para nós. Hoje conseguimos saber como está a adesão dos beneficiários e quais programas apresentam uma evolução maior nos indicadores, além de poder identificar os faltantes e fazer ações direcionadas para trazê-los de volta”.

Atendimento clínico e monitoramento telefônico

Apesar do foco no atendimento clínico, o CQV da Clinipam também usa o Previva para gerenciar o monitoramento telefônico dos beneficiários envolvidos nos programas de promoção da saúde.

“Usamos o sistema para fazer a captação dos pacientes e convidá-los a participar, além de monitorar os resultados de alguns programas específicos”, acrescenta Cintia. “Mas nosso foco é mesmo na proximidade do paciente com a equipe médica”.

Nesse aspecto, ela ressalta que o atendimento clínico feito pelo CQV tem como objetivo criar um lugar de referência onde o paciente tenha acesso a uma equipe que ele conhece e confia, além de um médico que sabe todo o seu histórico e o acompanha ao longo dos anos.

“No nosso modelo de atendimento o paciente tramita menos por todo o sistema. Não fica ‘pingando’ de unidade para unidade ou de médico para médico. Ele tem uma referência, sabe a quem recorrer.”

Satisfação dos beneficiários e economia de custos

No que se refere aos resultados dos programas de promoção da saúde para a gestão da operadora, Cintia observa uma influência positiva no índice de satisfação dos beneficiários.

“A gente sabe que um paciente crônico vai ficar um longo tempo conosco e dificilmente vai sair de um programa. E ele tem que ser bem cuidado durante todo esse período.”

Ela também destaca a economia de custos gerada pela redução dos sinistros e das internações. “Com os programas, a empresa tem um maior controle sobre os crônicos, que acabam reduzindo a demanda por serviços de maior complexidade e gerando menos custos.”

Para controlar melhor esse aspecto, o Previva pode fornecer relatórios de custos usando informações do sistema de gestão da operadora.

Plano Sênior e dispensação de medicamentos

Além de gerenciar todas as atividades do Centro de Qualidade de Vida, o Previva também é utilizado pela Clinipam para a gestão de outros serviços.

Um deles é o Plano Sénior, modalidade de plano de saúde específica para a terceira idade que segue um modelo assistencial diferenciado, voltado à atenção primária.

Outra aplicação do sistema é no gerenciamento do programa de dispensação de medicamentos antineoplásicos orais. Desde 2014, a ANS determina que as operadoras forneçam estes medicamentos a todos os pacientes com câncer.

“Monitoramos todo o atendimento e a inserção do usuário nesse programa de dispensação”, conta a gerente do CQV. “Enquanto ele estiver recebendo o medicamento, nós estamos acompanhando pelo Previva”.

Quer saber mais sobre o Previva?

Da mesma forma que a Clinipam, sua operadora também pode melhorar a gestão dos programas de promoção da saúde e integrar toda as ações de medicina preventiva em uma única ferramenta.

Conheça melhor o Previva, entre em contato conosco e solicite uma demonstração gratuita do sistema.

Lembre-se: investir na gestão da sua operadora é investir na qualidade de vida dos seus beneficiários!

Entre em contato

Solicite uma demonstração ou deixe sua mensagem

Ficou com dúvida sobre o Previva?